Exame: Disputa por SulAmérica faz ações da seguradora subirem

No mercado financeiro, a semana começa com especulações de que o Banco do Brasil, mas mais fortemente o Bradesco, estariam negociando a inclusão da SulAmérica em seus grupos seguradores. O Bradesco teria maior “necessidade” de incorporar a carteira da SulAmérica, uma vez que a parceria firmada entre Itau-Unibanco e a Porto Seguro, acirra a concorrência entre os maiores grupos financeiros privados do país. Mas, a favor do Banco do Brasil, pesa o longo relacionamento que possuí com a SulAmérica.

A venda de parte da SulAmérica confirma uma tendência do mercado brasileiro. Como as possibilidades de elevar a carteira de crédito via grandes aquisições estão praticamente esgotadas no Brasil, os bancos passaram nos últimos meses a olhar com bastante carinho para o mercado de seguros. No Brasil, as seguradoras não fazem oposição a essa “invasão” dos bancos porque, com as parcerias, elas também ganham acesso aos clientes das instituições financeiras.

O lado mais negativo desta história, é que a fatia que os bancos estão disputando é de 21% da seguradora, pertencentes a ING. A seguradora holandesa trouxe diversos quadros técnicos e melhoras nos produtos da SulAmérica, através da fecunda parceria firmada em 2002. Esse intercâmbio pode cessar agora, com a necessidade da multinacional em recapitalizar sua matriz.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: