Catástrofes naturias no mercado de seguros e o vanguardismo da Swiss Re

A questão ambiental tem demonstrado grande impacto no mercado de seguros, em diversos ramos (do agrícola ao auto), e apresenta-se, juntamente com o risco de longevidade sistemático, como um grande desafio na gestão de risco.

A edição anual do tradicional estudo da resseguradora suíça Swiss Re, sobre catástrofes naturais está no ar. O foco do estudo, referente a 2008, são as perdas na Ásia (terremotos e enchentes) e na América do Norte (furações), que voltaram a atingir com força estas regiões do planeta no ano passado.

Os impactos das catástrofes naturais sobre o mercado de seguro e resseguro é tema cada vez mais frequente. A Swiss Re é vanguardista neste tema, publicando sobre o assunto desde o fim do século passado, o que indica a qualidade do texto. De uns tempos pra cá, o tema também começou a chamar a atenção e ser pautados em outros estudos envolvendo o seguro. Allianz e Munich Re já passaram a dar atenção ao tema. Outras empresas, utilizam-se da questão ambiental comercialmente, promovendo, por exemplo, regulagens em automóveis de clientes.

Temporada de furação no EUA foi uma das mais devastadoras

Temporada de furação no EUA foi uma das mais devastadoras

No Brasil, a Funenseg já editou livros e estudos sobre o tema e publica matérias sobre os impactos ambientais no mercado de seguro em seus braços jornalísticos.

O sigma que a Swiss Re traz, como é tradicional, encontra-se disponível em inglês, alemão, francês, italiano e espanhol.

Maiores informações
Sigma 02/2009

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: