Reduz o defícit da Previdência Social em 2008

É estranho comemorar um déficit, mas os dados de 2008 do Regime Geral da Previdência Social, apresentados nesta quarta-feira pelo Ministério da Previdência Social são positivamente surpreendentes.

Como já se vinha projetando, em 2008 o déficit total da previdência deveria ser menor do que o estimado no começo do ano. Enquanto se esperava, para este ano, uma necessidade de financiamento de 43,9 bilhões de reais, a diferença entre a arrecadação e a despesa foi aproximadamente 18% menor, sem que fossem feitas mudanças bruscas no Sistema. O chamado Resultado Urbano da Previdência se aproxima do superávit, apresentando um déficit na casa do 1 bilhão, mais de 90% menor do que no ano anterior.

O déficit de 36,2 bilhões é a primeira redução absoluta no Governo Lula, caindo a valores pouco inferiores aos de 2005. Dependendo do valor a ser anunciado para o Produto Interno Bruto do ano passado, a necessidade de financiamento em relação ao PIB pode cair cerca de 28%, para algo em torno de 1,25%.

O bom resultado pode ser atribuído a três fatores, como destacou o Ministro José Pimentel na apresentação dos dados. O aumento da formalização da economia, como resultado do “Simples Nacional”, aprovado em 2007; a melhora na gestão apresentada nos últimos anos, que reduziu custos administrativos e fraudes; e o ganho real da massa salarial, que favoreceu a arrecadação.

Para este ano, entretanto, as perspectivas não começam tão positivas. Mesmo se forem mantidas as atuais regras, com a crise econômica e uma redução no crescimento do país, os números para 2009 não deverão ser tão animadores, embora ainda se mantenha para 2010 a previsão de déficit zero.

O anúncio ainda traz outra boa notícia, só que essa com a ajuda de uma mudança de metodologia. É a primeira vez, nos últimos 11 anos, em que a Previdência apresenta um superávit mensal. Graças à mudança do calendário de pagamento do décimo-terceiro salário, em dezembro a diferença entre o total de contribuições e de pagamentos foi em 1,74 bilhão de reais positiva. Pra constar: em novembro o déficit foi de 4,24 bilhões.

Maiores Informações
RGPS: Necessidade de financiamento foi de R$ 36,2 bilhões em 2008

2 respostas a Reduz o defícit da Previdência Social em 2008

  1. Vitor Navarrete diz:

    1 – Não é comemorar o déficit, mas a redução dele
    2 – Victor, longo prazo de político é de 4 anos = duração do mandato dele, o que vem depois é problema da próxima gestão ^^ É triste, mas é o pensamento da maioria deles😦

  2. Pimentel puxando sardinha pro lado dele…
    Aumentar trabalhador formal é interessante, hoje…
    Claro, olhando apenas pelo espectro financeiro a médio-longo prazo é um problema.
    Quando esses trabalhadores entraram em gozo de aposentadoria vai dar problema.
    O aumento de fluxo é monentâneo, depois se estabilizar, esse é o problema, hoje você diminui superávit, amanhã vai se inverter.
    Acho que o Governo deveria ter um fluxo constante de trabalhadores, isso é muito mais importante que déficit/superávit anual, isso é o que menos importa, como disse, governo tirou proveito da situação e só…
    Voltando ao fluxo, isso fica muito mais fácil de se fazer uma projeção e talvez quem sabe um dia alguma “provisão atuarial”.
    Bom, o que eu disse muita gente sá sabe, mas só pra ressaltar mesmo, hehe
    Abraços!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: