Clipping: Fundos de previdência podem diluir riscos junto a ressegurador

Fundos de Pensão não precisarão mais contratar seguradores para repasar riscos de longevidade. As operações, que ainda terao de passar pelo Conselho de Gestão de Previdência Complementar e pelo Conselho Nacional de Seguros Privados, poderão ser feitas diretamente com resseguradores.

Com a transferência dos riscos para o mercado ressegurador, surgem novos riscos, como o de crédito e moral (dificuldade de estabelecer riscos). “Não será o fim dos riscos, mas a diferenciação deles.” Segundo Marcelo, o resseguro tem característica securitária, mas não é um tipo de seguro. “A função do resseguro é pulverização dos riscos.” O secretário de Previdência Complementar, Ricardo Pena, diz que a experiência internacional mostra, porém, que não existe modelo ideal de transferência de riscos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: