Resumo da Semana V

Sábado chegando, semana acabando, o mês está acabando, o semestre acabando, mas tem mais um Resumo da Semana, saindo do forno, com o que (acho eu) aconteceu de mais importante no mercado de seguros e previdência. E foi uma semana pra compensar o fraco movimento da semana passada, tem um novo sigma da Swiss Re que dá pra “perder um tempo” lendo.

A Itaú XL venceu a licitação da Petrobras e ficou com o programa de seguros da estatal, que cobre ativos estimados em mais de 40 bilhões de dólares.

Mais um passo em direção a criação da Previc. A Advocacia Geral da União manifestou-se favorável à sua criação.  O projeto está em análise na Casa Civil e na Abrapp e espera-se que seja enviado ao Congresso antes do recesso, para que seja possível que o novo órgão possa entrar em funcionamento ainda em 2009.

Na quarta, a Fenaseg comemorou seus 57 anos. Em 1951, quando foi criada, a Federação Nacional das Empresas de Seguros Privados e de Capitalização agregava cinco sindicatos estaduais de seguradoras e hoje representa todas as empresas do setor no Brasil. No ano passado, se iniciou o processo de reestruturação da Federação, que será desmembrada em outras quatro: uma para cada setor. A Fenaseg será substituída pela Confederação Nacional de Seguros, Previdência Privada e de Capitalização, que passará a ser a entidade máxima de representação institucional da indústria do seguro.

Saiu o relatório da Swiss Re sobre o mundo dos seguros em 2007. O faturamento no mercado mundial cresceu 3,3% em termos reais. O Brasil cresceu acima da média mundial, mas abaixo dos emergente. O relatório esta disponível em inglês, francês, alemão, espanhol e italiano. O relatório apresenta dados segregados entre os ramos vida e não-vida. A tempestade Kyrill (na imagem) que atingiu o norte da Europa no início do ano, causando prejuízos de 6 bilhões de dólares, e as inundações de verão no Reino Unido, com danos de outros 5 bilhões de dólares, foram as maiores catástrofes do ano. Os rendimentos dos fundos próprios, caiu de 12% para 9,6%. Apresentação dos dados (em inglês).

O governo anunciou novas regras para definição de paraíso fiscal. As novas regras ainda não devem causar impactos sobre o recém aberto mercado de resseguros, que proíbe operações com países considerados paraísos fiscais.

Uma resposta a Resumo da Semana V

  1. A proposta da Itau foi tão arrojada, que a empresa está tendo dificuldades em conseguir ressegurar os 90% das coberturas, conforme exigência da Petrobrás.
    Mais informações: http://www.ressegurobrasil.com/noticia2.asp?codigo=60

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: